Solitário desejo



Aprendi no primeiro encontro amar-te em perigo e cuidar das suas feridas,
estar do seu lado nos momentos difícieis de incertezas.
Não esqueço dos detalhes de nossa história.
Conheço os teus traços,
seus abraços e beijos que um dia foram só meus...
Meu coração cansou de esperar e desisti de todos os sonhos que imaginei serem possíveis para nós.
Chorei sozinha por um longo tempo.
Mantenho em secreto nossos momentos, cada frase e promessa dita.
Com tristeza sigo o script que a vida escreveu.
Hoje não sou a menina feliz, indomável e despreocupada.
O tempo deixou marcas que desenharam um novo olhar,
inovaram ideais e traçaram trilhos que a própria razão desconhece.
Basta apenas um segundo nos teus braços e esqueço tudo.
As tuas mãos brincam no meu corpo,
lambuzando minhas curvas de saliva.
Muitas mulheres servem prazer ao homem,
eu ofereci ao meu amado o meu mundo em troca de um amor verdadeiro.
Despertei desejos, invadi pensamentos e preenchi um coração, que dormia desacreditado.
Germinei paixão!
A resposta para todas as minhas inseguranças eram introvertidas feito um nó na garganta.
Esperei tê-lo por inteiro,
fui até onde meu coração aguentou, minha alma cansada dissolveu em lágrimas todo o dissabor.
Amar o impossível é sinônimo de dor, acreditar que a solidão alivia é um erro.
Quando vive-se solitário o que resta é reviver um passado bom,
alimentado pela saudade e a certeza de que aqueles instantes jamais voltarão.

www.brechodepalavras.blogspot.com

Uma palavra ao coração e uma confissão ao mundo.

A pena que espeta a palavra

Minha foto
"O verdadeiro sábio é aquele que assim se dispõe que os acontecimentos exteriores o alterem minimamente. Para isso precisa couraçar-se cercando-se de realidades mais próximas de si do que os fatos, e através das quais os fatos, alterados para de acordo com elas, lhe chegam." Fernando Pessoa

Conheça este blog e descubra sua essência!

"Coração é terra que ninguém anda", já dizia minha vó, e continua sendo assim na era do GPS. O órgão vital que pulsa e controla nossas emoções, deleta as razões quando se trata de amar!

O blog foi pensado com objetivo de despertar o que a maioria tenta esconder O SENTIMENTO, amor, ódio, tristeza, alegria todas as sensações que são latentes em nosso interior e constitui nossas ações. O seu coração precisa de umas horas diárias de poemas, poesias que inspirem seu dia e o torne alguém forte e renovado.

Almejo transmitir a clareza dos sentimentos de tal forma a desatar nós e fazer reviver uma alma que talvez esteja morta e desistente.

By Jornalista Carla Gomes


Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Seguidores e parceiros

carla Gomes. Tecnologia do Blogger.